as fridas

Todas as autoras do FALAFRIDA recebem carinhosamente o nome de frida porque elas são simplesmente essas mulheres incríveis que escolheram não se calar. Elas são mulheres que decidiram corajosamente falar do seu jeito.

 

Nicole Spohr Idealizadora e curadora do FF, mãe do Guto e pesquisadora. Andou meio mundo pra fazer uma tese de doutorado que valesse a pena, mas foi a maternidade que virou sua vida de cabeça pra baixo. Entendeu que mulheres, juntas, têm muita força. E que podem transformar o mundo. Acredita que vale a pena batalhar por crianças feministas e por direitos humanos.

 

Bianca Spohr  Idealizadora e curadora do FF, mãe do Tom e escritora. Morou em Paris e teve certeza de ter alma   parisiense desde sempre. Depois do doutorado largou a academia para se dedicar as suas utopias particulares. Hoje sonha com museus e teatros onde leva seu filho para contemplar a beleza do mundo. Depois da maternidade compreendeu que a verdade de toda mulher está na honestidade consigo própria e que esta busca é mais interessante quando compartilhada com outras mulheres.

 

 

Carolina P. Leitão Idealizadora e curadora do FF, mãe do Léo e ex-poliana. Gosta do silêncio quando mergulha embaixo da água, inventa desculpas pra assistir Netflix, borderline entre sociável e tímida. Demorou 35 anos pra falar o que pensa e hoje sonha em gritar: “Coragem, irmãs, coragem!” para todas as mulheres do mundo.

 

 

Lígia Francisco  Mulher cis, branca, bissexual, linguísta, artista, brasileira, feminista, imigrante, entre  muitas outras  coisas. Gosta de palavras, flores, samba e pessoas | @ligia_francisco | https://ligiafrancisco.com

 

 

 

Gabriela Sperb Mãe e filha, mente inquieta. Mestre em direito do trabalho, já foi professora e advogada. Desde 2013, é a feliz  proprietária do Um Blog Sobre o Tempo e atualmente trabalha como empresária.

 

 

 

Maíra Mello Mãe da Júlia, Naturóloga. Sagitariana, louca por viagens, espiritualidade e liberdade. A maternidade  chegou de surpresa trazendo todas as responsabilidades que sempre evitou. E, junto com ela, entendeu a força da mulher e a importância da empatia e união entre todas.

 

 

Maria de Fátima Navarro Lins Paul Mulher, mãe de três filhos adoráveis (Marco Aurélio, Cris e Aninha), avó de três netos lindos e doces (Vitão, Marino, Toninho), casada com um cara sensacional (Mário). Professora desde que me conheço por gente (até hoje, não sei por que minhas bonecas não aprenderam a ler, tantas aulas lhes dei). Leitora. Apaixonada pelas palavras, brinco de escrever. Sempre com utopias no horizonte.

 

 

Marcela Lin Mãe do Gabriel e do Bernardo e colaboradora do FF. Sempre estudou muito para ter uma carreira de sucesso até que virou mãe e percebeu que seus filhos foram, são e serão a sua melhor produção. Ama ser mãe e estar com seus pequenos, mas gosta também de trabalhar fora e de ter tempo pra si. Já nasceu mãe por duas vezes e continua renascendo a cada nova etapa e aprendizado. Compartilha as experiências da sua maternidade real no instablog @naosaogemeos.

 

Aline Barbosa Palhaça, bonequeira,produtora e arte-educadora. Potiguar radicada em Macaé (RJ). Bióloga e mestre em Ciências Ambientais e da Conservação. Há 3 anos largou tudo e deu um giro de 180 graus no rumo da vida para se dedicar integralmente ao que realmente lhe interessava. Mãe do Vicente. Com o feminismo aprendeu a questionar mais, se calar menos e não aceitar os papéis pré-estabelecidos para sua condição de mulher e mãe. Com a maternidade aprendeu a julgar menos, acolher mais e recusar de cara qualquer método, rotina ou regra que não seja minimamente flexível.

 

 

Juliana Chraim Hazim Mãe da Maria Antônia e de mais uma vidinha à caminho. Com a estranha mania de se dedicar de corpo e alma aos seus projetos, largou uma vida frenética de trabalho para se jogar na maternidade, doce caminho com o qual sempre sonhou! Agora, tenta equilibrar o desafiador combo de maternar (@naosaogemeos), empreender (@casaemcaixa) e cuidar do lar!

 

 

 Izilda Bitencourt 64 anos, professora, metida a costureira, bordadeira, crocheteira e cozinheira. Aprendiz das relações humanas.

 

 

Vick Rocha 12 anos, estudante, bailarina e pintora, feminista e futura pediatra e dubladora.