Camaleão

Foto | Jake Young

Um dia, ela foi como um camaleão

Uma tela em branco

Ou um espelho

Apenas cores

Formas

Reflexos

Resultados do que parecia conquistar

Seus tão desejados amores…

Dentro daquele vazio imenso

Cabia tudo.

Um dia

Refletiu a si mesma

Viu uma mistura

De todas as cores

Formas

Reflexos

Conquistou a si mesma

Ali, ela se amava

E eu, daqui

Observava a história de amor

Mais linda que já vi.

Thaís Gazzola

Dança entre versos íntimos e genuínos que embaralham o real de si: carinho, vivências, sonhos. Estudo teatro na UFSJ, bailarina de danças árabes, musicista, terapeuta holística, gosta de bons amigos, conversas cheias de palavras, pessoas bastantes. Amor pra ela é coisa muita. Mulher lésbica, assim como sua poesia. Ela grita arte em casa suspiro.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.