Entre amor e fogo

Foto | Lígia Francisco @ligiafranciscoart
Entre amor e fogo

olhos pontiagudos rosnam 
tanta repulsa fervendo ao redor 
tudo pela minha estrangeiridade  

com os pés fincados na terra
um corpo fechado sou 
em pedaços mas fechada   

eu me abraço
sem me mover resisto 
não vou a lugar nenhum   

o ódio não é meu 
Resisto
eu sou grande como o mundo de Drummond   

amor em expansão peito aberto 
dores desejos que chegam às nuvens
não há muro que nos contenha   

escorregadia ninguém me detém
posso abarcar e abraçar as nuvens em mim 
em êxtase chovemos juntas   

em Saint Petersburg reclamam da chuva
não me importo
por dentro sempre chovo 

meu sangue viscoso é forte  
sou muitas e resistimos  
entre o amor e o fogo juntas   

Between love and fire   

pointy eyes growl
so much repulse boils around
all because of my foreignness  

with feet stuck in the ground
a closed body I am
in pieces but closed  

I hug myself
I resist
I’m not going anywhere  

hate is not mine
I resist
I’m as big as Drummond world  

expanding love open chest
aches desires that come to the clouds
no wall to can contain us  

no one stops me too slippery
I can embrace the clouds in me
delighted we rain together  

in Saint Petersburg it rains too much they say
I do not mind inside I always rain
my viscous blood is strong  

I’m many and we resist
between love and fire
together      
Ligia Francisco

Mulher cis, branca, bissexual, linguísta, artista, brasileira, feminista, imigrante, entre muitas outras coisas. Gosta de palavras, flores, samba e pessoas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.