Do questionar

Foto | Marina Papaspirou | Flora Fusion

Todo o questionar

É um perder-se

Um largar-se

E esquecer-se

Na consciência crua

Do não saber

 

Questionar é procurar

As coisas

Nas coisas mesmas

E não nas ideias delas

Que frequentam a mim

 

*Inspirado no conceito de ser de Heidegger.

**Da série Dos pervertidos filósofos destes últimos tempos.

 

Samantha Buglione

Escritora, mãe do João Ignácio e da Elisa, filósofa e doutora em Ciências Humanas. Atualmente faz uso da fenomenologia de Goethe e da hermenêutica para aprender a ver o mundo. Por anos trabalhou com gênero, direitos humanos, direitos sexuais e reprodutivos e bioética em organizações do terceiro setor, pesquisas e consultorias. Já participou de varias conferências das Nações Unidas sobre o tema da autodeterminação e liberdades sexuais e reprodutivas.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.