Céu poente

 

Foto | Unsplash

Contra o céu

Rubro

as silhuetas negras

Da cidade

Abrem olhos de luzes

Piscando para a noite que vem

 

E um arco de lua

Crescente

Sugere…

E se promete…

Para quando a cheia chegar.

Poente que agita em meu peito

As palavras que criam lembranças…

Saudade da beira mar

 

Maria de Fatima Paul

Mulher, mãe de três filhos adoráveis (Marco Aurélio, Cris e Aninha), avó de três netos lindos e doces (Vitão, Marino, Toninho), casada com um cara sensacional (Mário). Professora desde que me conheço por gente (até hoje, não sei por que minhas bonecas não aprenderam a ler, tantas aulas lhes dei). Leitora. Apaixonada pelas palavras, brinco de escrever. Sempre com utopias no horizonte.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.