Mamá compartilhado

Foto | arquivo pessoal

A primeira semana de agosto foi a Semana do Aleitamento Materno. Aproveitando o embalo, compartilho esse registro: Maria Antônia mamando um dia antes do nascimento do irmão. Nunca planejei amamentar por tanto tempo, aliás, agradeci à Deus o dia em que a Maria Antônia completou 6 meses e atingimos o primeiro marco, ainda que eu tivesse complementado com leite artificial desde o primeiro mês. Não foi fácil chegar até ali!

Depois de um aninho, esperei pelo desmame natural que ouvi de várias amigas, e esse momento não chegou (até agora 😬 – ela está com 4a2m). No início da gestação do Romeo, o obstetra me disse que eu poderia continuar amamentando enquanto fosse bom para nós duas, então seguimos!

O ‘mamá’ não é uma refeição pra ela, é um mimo, um carinho e um aconchego, mas desde os 2 anos o combinado é que ela mama uma vez por dia, só antes de dormir. Porque dessa forma, ainda é bom pra mim e, consequentemente, para ela também.

Durante a gestação, conversamos muito sobre o fato de que o irmãozinho precisaria mamar bastante para crescer e não poderia comer nada, como ela pode, e ela sempre aceitou numa boa. Depois que ele nasceu, ela mama dia sim/ dia não, às vezes todos os dias e às vezes fica dois ou três dias sem mamar, depende da logística, já que coloco o Romeo pra dormir, enquanto o João a coloca, simultaneamente. Não tem regra, ela não é dependente do ‘mamá’, mas sinto que ainda é um momento de conexão e olhos nos olhos com ela, que é tão espoleta, e naqueles 3 minutinhos volta a se aninhar como um bebê (zão). ❤️

O fato é que seguimos assim, enquanto for bom para nós duas, ou melhor, nós três, com amor tranquilidade e no tempo deles.

Juliana Chraim Hazim

Mãe da Maria Antônia e do Romeo. Com a estranha mania de se dedicar de corpo e alma aos seus projetos, largou uma vida frenética de trabalho para se jogar na maternidade, doce caminho com o qual sempre sonhou! Agora, tenta equilibrar o desafiador combo de maternar (@naosaogemeos), empreender (@casaemcaixa) e cuidar do lar!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.