É tudo

Foto | Leon Biss

É a data da vacina que está chegando.

É o dia do dever de casa que é hoje.

É a merendeira vazia ainda.

É dia do brinquedo, qual levar?

É a hora da natação que eu não lembro.

É o recado na agenda que falta escrever.

É o agasalho porque vai esfriar.

É a fruta que acabou.

É a roupa que não está lavada. 

É o sofá cheio de pozinho de bolo.

É a toalha que precisa trocar.

É a comida fora da geladeira quase estragando.

É o que vai ter de almoço que eu não sei até agora.

É o e-mail que espera resposta desde… ontem.

É o telefone que nem ouvi tocar.

É o trabalho acumulado me esperando.

É o deadline que já chegou.

É um filho chamando de um lado.

É o outro chamando de outro.

São os dois que se encontram, brigam e eu preciso separar.

É a amiga que não vejo há tempos e vou continuar sem ver.

É o companheiro que demanda atenção.

É o meu corpo que pede cuidados, mas anda esquecido.

É o relógio que come o dia e vomita: agora, pra ontem. E tudo eu.

Cris Ituassu

Casada com o Adriano, com que teve o Theo e o Dan. Maravilhada com muita coisa, inconformada com tantas outras. Adora gente e todas as complicações daí decorrentes. Acredita que qualquer mudança só pode acontecer pelo afeto, e nada como a arte pra tocar os corações. Então escreve de vez em quando, na expectativa de por pra fora angústias ou esperanças e, quem sabe, tocar alguém.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.